Loading...

Notícias

Energia renovável expande empregos no Brasil e no mundo, e a AES Tietê faz sua parte

A indústria das energias renováveis está impulsionando a atividade econômica no mundo todo, levando a um aumento no número de postos de trabalho criados, com o Brasil figurando entre os gigantes do setor.

De acordo com um levantamento da Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA), apenas em 2017, a indústria da energia renovável criou mais de 500 mil novos empregos no mundo todo, aumento de 5,3% em relação a 2016. Segundo a agência, hoje o setor emprega globalmente 10,3 milhões de pessoas.

O cenário futuro é ainda mais positivo: até 2030, podem ser criados até 24 milhões de novos empregos, segundo o relatório “Emprego, questões sociais no mundo 2018”, produzido pela Organização Internacional do Trabalho (OIT). Serão 14 milhões de empregos criados na Ásia e Pacífico pela expansão da geração renovável; 3 milhões na América e 2 milhões na Europa.

“Projeto solar da AES Tietê em obras”

A geração de empregos ocorre graças aos investimentos globais em tecnologias de geração elétrica renovável e outras inovações, como veículos elétricos. Apenas em relação a mobilidade, a OIT estima alta de 14% nas vendas de carros elétricos em 2025; 30,6% na Europa, 15,5% na China e 5,1% nos Estados Unidos.

O Brasil aparece no pódio dos maiores empregadores dentro da indústria de geração renovável: em terceiro, com 893 mil postos de trabalho, atrás de União Europeia (1,2 milhão) e China (3,8 milhões). O país também é terceiro no número de empregos dentro da geração hidráulica, respondendo por 12% de um universo de 1,5 milhão de trabalhadores, segundo a IRENA.

O papel da AES Tietê no Brasil

Como empresa que possui um portfólio 100% de energia renovável , a AES Tietê é protagonista desse movimento de crescimento, gerando empregos no Brasil com seus investimentos no setor – que seguem um plano de expansão de longo prazo da empresa no país. Nos últimos 2 anos, adquirimos 690 MW de projetos solares e eólicos.

Um bom exemplo é o Complexo Solar Boa Hora, que está sendo construído pela AES Tietê na cidade de Ouroeste, no Estado de São Paulo. Serão investidos R$ 300 milhões na obra, que vai gerar até 500 empregos diretos e indiretos, sendo cerca de 200 da própria comunidade local. Quando em operação, em novembro deste ano, o complexo, construído sobre uma área de 160 hectares, terá capacidade de 91 MWp.

“A geração de empregos começa pequena e vai crescendo. No pico da construção a gente estima entre 450 e 500 pessoas trabalhando. Entre 60% e 70% dessa mão de obra deve ser regional”, disse Rodrigo D’Elia, diretor de engenharia da AES Tietê sobre a obra no complexo de Boa Hora.

Desta forma, a AES Tietê segue seu plano de crescimento sustentável, consciente da importância da energia renovável para universalizar o acesso, desenvolver a comunidade e gerar externalidades positivas garantindo com isso a sustentabilidade do seu negócio e para as pessoas.