Loading...

Notícias

A indústria brasileira e a energia que a transforma

Comemorar o Dia da Indústria, em 25 de maio, é fazer um justo reconhecimento à importância do setor industrial no desenvolvimento da economia brasileira: um dos setores que mais emprega, gerador de riquezas e que vem se transformando ao longo dos últimos 70 anos.

A data é uma homenagem ao patrono da indústria nacional, Roberto Simonsen, que faleceu em 25 de maio de 1948.  Engenheiro, industrial, administrador, professor, historiador, político e membro da Academia Brasileira de Letras (ABL). Simonsen também foi presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP).

Desafios

O setor vem se transformando, principalmente, por conta das inovações tecnológicas que estão impactando diferentes áreas da economia e das melhorias nos processos que otimizam a produção e geram valor para o cliente final. As indústrias se deparam com um cenário desafiador de constantes transformações e que demandam uma análise detalhada sobre os principais itens que possam aumentar a competitividade das empresas.

Um desses desafios é o do consumo mais eficiente de energia, em um contexto macroeconômico complexo e de baixa estabilidade como o brasileiro. Por isso, além da adoção de fontes de energia renovável por parte de diversos setores, outro ponto que ganhou destaque foi o aperfeiçoamento da contratação da energia, importante parcela dos custos de uma empresa.

Grande parte desse desafio que a indústria enfrenta passa pela definição da matriz energética e de seu uso adequado. Com a queda no preço nos últimos 10 anos, observamos uma procura cada vez maior por fontes limpas, de matrizes renováveis. Sem as pessoas e os recursos naturais, não existe nenhum setor produtivo que se sustente.

O Mercado Livre de Energia passou a ser uma opção vantajosa para contratar energia com preços mais competitivos, possibilitando que as indústrias pudessem ter “mais fôlego” para continuar crescendo.

Energias renováveis na Indústria

Observamos nos últimos 10 anos que o custo da energia renovável tem caído à medida que seu crescimento está cada vez mais exponencial. A energia eólica é um bom exemplo. O custo despencou 50% na última década sendo que a capacidade global de geração de energia eólica quase dobrou, passando de 66.8 GW, em 2009, para mais de 128 GW, em 2019.

Índice de preços de turbinas eólicas por data de entrega das turbinas:

Milhões de Dólares/MW

índice de preço de turbinas eólicas

Fonte: BloomberNEF, abril de 2020.

 

Utilizar uma energia de fonte limpa e com certificação de procedência (conheça mais sobre os RECs), tem contribuído para a transformação do setor. Sempre visto como um dos vilões nas emissões de dióxido de carbono, muitas práticas sustentáveis (como os créditos de carbono) têm sido utilizadas para minimizar esses impactos e consolidar o setor industrial como fundamental para o processo de amadurecimento da economia brasileira.

O futuro da energia na Indústria

Acreditamos que o futuro da indústria passará, necessariamente, por uma transformação mais profunda no modelo energético adotado. Desde 2014, os governos de vários países migraram de um modelo em que os preços da geração de energia renovável eram fixos, para um modelo de leilões e licitações competitivas.

Segundo este estudo da BloombergNEF, sobre leilões de energia renovável, observamos que Índia e China leiloaram grande parte de sua capacidade e, na maioria dos mercados pelo mundo, a energia solar é a tecnologia predominante. O Brasil aparece na terceira posição, porém com um diferencial: a maior concentração na matriz eólica.

Leilões de capacidade de geração de energia renovável por país:

Fonte: BloombergNEF, abril de 2020.

A AES Tietê está alinhada a esse movimento de crescimento econômico pautado pelo crescimento das renováveis. Por isso, investimos também na ampliação dos nossa matriz eólica, com nosso complexo Alto Sertão II adquirido em 2018 e com a aquisição do Complexo Eólico Tucano em 2019, que foi, inclusive, viabilizado com a parceria de uma importantes indústrias dos setores de mineração e quimíco.

Nossos produtos e serviços levam em conta a necessidade de cada cliente. É assim que trabalhamos para o futuro da energia: de forma colaborativa, inovadora e sustentável. Converse com um dos nossos especialistas  e conheça as nossas soluções  que podem contribuir com a transformação energética da sua empresa.